top of page
apresenta
Logo-carla cintia semfundo.png

VOZES FEMININAS
à Asase Yaa

Organização: Carla Cintia Conteiro
Várias Autoras
Capa VFAY.png
Terra
ASASE YAA

Nosso Lar, a TERRA, enfrenta sérios problemas ambientais e grande parte deles ocorrem por ação da espécie humana, que desmata, polui e utiliza de maneira exagerada todos os recursos que o planeta oferece. Nosso mundo necessita de nossa ajuda para sobreviver e continuar a abrigar os seres humanos e todas as outras espécies viventes.

Medidas precisam ser tomadas já! Temos que evitar que a ganância, a irresponsabilidade, o desleixo e a alienação das pessoas continuem a destruir o nosso planeta. Este livro é sobre a Terra e o que precisamos fazer para garantir nossa sobrevivência nela.

Asase Yaa, principal deusa da tradição dos Ashantis, povo de Gana, um dos que compõem o grupo étnico Akan, da África Ocidental, representa o ventre da Terra e protege as mulheres.

A Terra é mãe. A Terra é mulher. A Terra é feminina.

As mulheres, tradicionalmente, são as que cuidam. É hora de tratar da nossa casa. Mas “vamos precisar de todo mundo”.

Neste quinto livro do Projeto VOZES FEMININAS, escrito por mulheres diversas em origem, credo, etnia e formação, do Brasil e de outros países, evocamos a deusa dos Ashanti, com VOZES FEMININAS À ASASE YAA.

"Vamos precisar de todo mundo!"

AUTORAS
Alessandra Azevedo 1.png

Alessandra Azevedo

Parafraseando a canção de Zé Keti, eu sou o samba, sou natural do Rio de Janeiro, nascida e criada em Padre Miguel e moradora da zona sul há 27 anos. Feminista. Sagitariana do riso frouxo. Filha de Oxum do choro fácil. Tenho 3 famílias que são a razão da minha existência: A de Origem, onde eu nasci e me criei; a de Alma, que me faz entender que o Amor transcende o sangue e a do Encontro, que escolhi – meus Amigxs. Relações Públicas de formação, estou produtora. Amo o que faço. Transformar a vida das pessoas me inspira, seja na Arte, Cultura ou Educação. Tenho um desejo: ser professora de Jovens e Adultos.

foto Carla Cintia Conteiro.png

Carla Cintia Conteiro

Carioca de Campo Grande. Escritora, Editora, Tradutora, Bacharel em Ciências da Computação, especialista em Marketing Digital e Cultural. Cinco livros publicados no Brasil, dois na França, está em várias coletâneas. Vencedora do Concurso Internacional de Literatura da UBE 2010, do Prêmio de Literatura Contemporânea do Clube de Autores 2012, Prêmio Uirapuru 2019 e finalista do Prêmio SESC de Literatura 2010. Finalista do Prêmio Juca Pato 2021. Premiada com o Troféu Arte em Movimento 2019 e 2020.

Alessandra
CarlaC
Claudia
Autoras
foto-Claudia-Almeida.jpg

Claudia Almeida

Carioca, casada com Sylvio, mãe de Matheus e Leonardo, meus amores. Amo estudar sobre autoconhecimento e tudo que ajude a me transformar em um ser humano melhor. Administradora, com grande experiência no mundo corporativo, na atuação como consultora de gestão de pessoas. A experiência  em  RH  contribui para me tornar uma entusiasta no tema “desenvolvimento humano”. Atuo como facilitadora de autoconhecimento com foco no empoderamento feminino, apoiando mulheres que buscam evoluir e se tornar a sua melhor versão.

Cristina
Cristina Portella.jpg

Cristina Portella

Carioca, criada na divisa Méier/Cachambi, alguns bairros depois, hoje moro num local de muito verde (ô sorte!), que reforça meu amor pela Mãe Terra e a responsabilidade para com ela. Sou designer gráfica, com uma vida quase toda como freela, e hoje estou servidora pública. Ainda me adaptando à chegada na terceira idade, sou casada e moramos com duas gatas. Meu cuidado com a natureza se faz presente atuando em uma horta comunitária, na participação em alguns movimentos ambientalistas e no projeto @nomeuquintaltemumalagoa, idealizado por mim, cujo objetivo é, ao falar do “meu quintal”, divulgar a importância de cuidarmos e respeitarmos a vida em todas as suas formas.

foto-Eliana-Barcellos 1.jpg

Eliana Barcellos

Sou Eliana Barcellos, casada, mãe, professora, psicopedagoga clínica e institucional apaixonada pela vida, por poesia, pela cultura negra.

“A Injó Layó, omo ti efon farayó.” (Dance para a felicidade, os filhos de Efon nasceram para a felicidade.)

ElianaB
foto Elisa Batalha1.jpg

Elisa Batalha

Jornalista, atuo na área de Comunicação em Saúde Públi-ca, justamente nos tempos mais loucos que poderia imaginar. Mãe de uma menina muito esperta que cresce demais e super rápido chamada Leila. Praticante e eterna estudante de yoga, devota de Krishna, feminista e antirracista.

Elisa
foto Eufrásia.jpg

Eufrásia Maria S. das Virgens

Baiana de nascimento e batizada no Rio de Janeiro, defensora pública do Estado do Rio de Janeiro e conselheira estadual de direitos da criança e do adolescente, feminista, anti-fascista e antirracista, mãe e integrante da ColetivA Mulheres Defensoras Públicas do Brasil, coletivo Defensoras e Defensores  pela  Democracia e Associação Brasileira de Juristas pela Democracia. “Desde menina, caprichosa e nordestina que eu sabia, a minha sina era no Rio vir morar”.

Eufrasia
Foto Gabriela Brabo Era de Aquário.jpg

Gabriela Brabo

Sou mulher, cabocla, nortista, amazônida, marajoara, paraense. Sou cantora, psicóloga, escritora, poeta, professora, pesquisadora. E também mãe, irmã, esposa, filha, avó. Militante pela causa da inclusão de pessoas com deficiência, com as quais tenho aprendido a valorizar cada conquista, por  menor que seja, a respeitar o ritmoe jeito de ser de cada um, e a ressignificar a beleza para além de um simples atributo físico ou estético.

GabrielaB
FOTO_GABRIELA-JOAQUIM.jpeg

Gabriela Joaquim

Gabriela, 29 anos, nasceu e foi criada em Campo Grande, Rio de Janeiro. Aos 24 anos mudou-se para Portugal, onde morou por 5 anos. Em terras lusitanas, largou a arquitetura, graduou-se em Ciências da Comunicação e pós graduou-se em Marketing Digital. Segue a sua natureza e sensibilidade para explorar o mundo. Deseja morar em diferentes países, aprender outros idiomas e viver experiências enriquecedoras. Em 2022, pela primeira vez, aventura-se pelo mundo da escrita, inspirada pela Ilha Esmeralda, Irlanda, onde escreveu o seu texto para esta obra.

GabrielaJ
Juliana
Juliana Carmínia.jpg

Juliana Carmínia 

Nascida e criada no Méier , subúrbio carioca. Professora de Sociologia da rede estadual e psicóloga clínica. Feminista, de esquerda, “cervejófila", noveleira, “alma boemia”, gorda, suburbana, canceriana. Órfã de pai e mãe em função da covid e do verme genocida.. Mãe de uma estrela, Luiza, e  gestando um(a)   futuro(a)   esquerdista, sambista e o que mais quiser ser e que também sonhe e lute por um mundo com menos desigualdades, opressões e injustiças.

Marianna Leporace.jpg

Mariana Leporace

Cantora e produtora. Lançou doze álbuns, entre projetos solo e em grupo. Dirige o Coletivo Meu Caro Amigo Chico Buarque e é uma das criadoras e produtoras do Brazilian Baltic Festival, primeiro festival de música brasileira na Letônia. É sócia da Zênitha Música, selo independente criado no final de 2021.

Marianna
Eclipse solar
Garanta seu exemplar!

Nosso livro quer ser seu!

Você tem duas formas de adquirir seu exemplar do livro Vozes Femininas Negras.

 

A primeira delas é entrar em contato com uma de nossas autoras e combinar detalhes de pagamento e entrega.

Ou você pode fazer sua compra online.

Contato
bottom of page